top of page
Search

Que Especiarias e Temperos são inflamatórios no Protocolo Autoimune?

Updated: Jan 25, 2022

Quando estamos seguindo uma rotina alimentar anti-inflamatória é importante prestarmos atenção a todos os detalhes, como a qualidade da água que tomamos, o nosso ambiente (casa, trabalho) e se estamos expostos a toxinas, as pessoas que nos cercam... os alimentos que consumimos, produtos de higiene pessoal e limpeza do ambiente, o nosso sono... e também a pequenos detalhes como as especiarias e temperos que usamos.


Sim! Eles podem ser problemáticos também. Escrevo este post hoje não para assustar ninguém - mas para informar, esclarecer e trazer conhecimento.

Como sempre digo, não há e não é nem necessário perfeição, mas quanto mais informações temos, melhor conseguimos controlar a nossa saúde - e consequentemente os nossos sintomas.


Vamos ver a seguir, quais as especiarias e temperos que devemos evitar na Etapa 1 de Eliminação temporária (de alimentos inflamatórios). Eles devem ser evitados por causa do seu potencial inflamatório, mas podem ser reintroduzidos assim que possível.

Para ler sobre a Etapa de Eliminação de alimentos, clique aqui e para saber mais sobre Reintrodução de alimentos temporariamente removidos, clique aqui.


Lista de Especiarias a serem evitadas


Muitas especiarias e temperos que usamos no dia-a-dia vêm de sementes de plantas ou da família de plantas da erva-moura (não incluídas na Etapa de eliminação). Além disso, algumas pessoas têm sensibilidade a temperos/especiarias à base de bagas (como por exemplo, a pimenta-do-reino).


Especiarias à base de Sementes:

  • Anis

  • Urucum

  • Cominho

  • Semente de aipo

  • Semente de coentro

  • Semente de endro

  • Semente de funcho

  • Semente de erva-doce

  • Feno-grego

  • Mostarda

  • Noz-moscada

  • Semente de papoula

Temperos e especiarias à base das Solanáceas:

  • Pimentas vermelhas (todos os tipos, incluindo pimenta caiena, flocos de pimenta, pimenta em pó, e outros

  • Curry (por conter cominho, pimenta, etc.)

  • Páprica e pimenta vermelha (inclui a páprica defumada)

  • Misturas de especiarias prontas que contém qualquer semente acima citadas e pimenta como caril em pó, garam masala, temperos de carnes, saladas e outros.


Para consumir com cuidado:


  • Pimenta-da-jamaica ou "allspice"

  • Anis-estrelado

  • Alcarávia (frutos)

  • Cardamomo

  • Zimbro

  • Pimentas rosa ou branca

  • Sumagre


Embora estes temperos e especiarias sejam permitidos, por causa da sua composição, é importante consumir com cuidado, observando sempre a sua tolerância pessoal, porque somos todos bem diferentes.


Todos os demais temperos podem ser consumidos à vontade! Veja abaixo:


Especiarias e temperos para consumir à vontade


  • Folha de manjericão

  • Louro

  • Cerefólio ou cerefolho, cebolinha, folha de coentro

  • Folha de caril

  • Folha de erva-doce

  • Erva-cidreira

  • Folha de manjerona

  • Orégano

  • Salsa

  • Hortelã-pimenta

  • Alecrim

  • Sálvia

  • Hortelã

  • Estragão

  • Tomilho

  • Wasabi (sem aditivos)

  • Gengibre

  • Camomila

  • Canela

  • Cravo

  • Lavanda

  • Açafrão

  • Trufa

  • Baunilha

  • Asafetida

  • Cebola em pó, alho em pó (certifique-se que é sem glúten)

  • Açafrão


Importante:


  • Por mais que os temperos acima sejam permitidos dentro do Protocolo Autoimune, sempre observe a sua tolerância pessoal.

  • Não evite alimentos por tempo indeterminado. Tente reintroduzir os alimentos quando der, quando você perceber que há melhora nos sintomas. Para saber mais, leia aqui.


Dúvidas? Entre em contato comigo! Até a próxima!




Recent Posts

See All

Microbioma Intestinal e Doenças Autoimunes

A nossa saúde intestinal dita a nossa saúde do nosso corpo como um todo e da nossa mente - e tudo começa lá: no nosso trato digestivo. O trato digestivo vai desde a boca até o ânus, e o "intestino" en

Comments


bottom of page